Posts Tagged ‘listas’

Aparelho autoligado estético: descubra 5 motivos para investir neste tratamento!

Apesar de ser uma opção com valor diferenciado em comparação a outros aparelhos, o aparelho autoligado estético traz muitas vantagens!

Se engana, e muito, quem pensa que um aparelho ortodôntico é coisa de adolescente. É cada vez mais comum o uso por adultos, afinal, os benefícios são muitos. Pode-se melhorar a fala, a mastigação, a digestão e ainda ter um sorriso mais bonito após o tratamento.

A indústria entendeu a necessidade e tratou de encontrar soluções que tornam o aparelho muito mais discreto, seja para adultos ou para adolescentes. Por isso, foram introduzidos novos materiais como a safira e a porcelana tornam o aparelho autoligado estético quase que transparente. Por isso, trazem grandes vantagens estéticas para quem o escolhe.

Há casos, inclusive, em que o aparelho autoligado é mais recomendado. Por exemplo, quando há necessidade de expansão da arcada dentária. Outros problemas muito bem atendidos por este tipo de aparelho são a mordida cruzada ou aberta, casos de alinhamento dos dentes, alterações ósseas, entre outras.

O blog do consultório da doutora Luciana Pupo selecionou cinco benefícios do aparelho ortodôntico autoligado que podem fazer com que um paciente opte por ele antes do início do tratamento. Confira!

1) O aparelho quase não é percebido

A questão estética já afastou muita gente de um tratamento. Não querer passar longos meses com o sorriso metálico característico dos aparelhos de antigamente era muito comum. Hoje, a realidade é outra e dá para encarar o tratamento com um aparelho que quase não é percebido no dia a dia.

2) Não perde nada para a versão metálica

A tecnologia da ortodontia autoligada faz com que o aparelho autoligado estético não perca absolutamente nada em termos de eficiência comparado com a versão fixa convencional. Ou seja, ao final do tratamento, o resultado será tão bom quanto o apresentado por um aparelho convencional.

3) Ao contrário, têm vantagens!

O resultado final é o mesmo, mas é mais rápido. Segundo pesquisas, o tempo de tratamento com aparelhos autoligados pode ser até 80% menor do que o aparelho fixo convencional.

4) Apresenta alta resistência

Claro que existem cuidados a serem tomados, como evitar alimentos muito duros. Mas em geral a resistência de aparelhos confeccionados com safira ou porcelana não perde nada para outros tipos de materiais usados nos aparelhos convencionais.

5)Mantêm-se transparente

Os materiais com os quais o aparelho autoligado estético é feito mantêm a transparência por bastante tempo e, com alguns cuidados, resistirão sem manchas até o fim do tratamento.

Entre estes cuidados estão a higienização sempre perfeita e ainda é preciso evitar alimentos com muitos corantes (naturais ou não), vinho tinto, café, curry, açaí, refrigerantes e cervejas. E, é claro, o cigarro que já é inimigo da saúde, também pode causar manchas.

_

Tem dúvidas? Entre em contato conosco! O consultório da doutora Luciana Pupo é sinônimo de excelência em ortodontia em Sorocaba e tem todas as tecnologias necessárias para um perfeito diagnóstico de um problema nos dentes e as soluções de tratamento para eles. Quanto ante um eventual problema é diagnosticado, mais rapidamante ele pode ser resolvido. Não adie o início do seu tratamento!

Conheça 5 benefícios do aparelho ortodôntico autoligado

Listamos as melhores vantagens do aparelho ortodôntico autoligado em relação ao modelo convencional.

Se você está iniciando um tratamento com um aparelho ortodôntico, vai ter como primeiro passo a escolha do aparelho. Caso você tenha dúvidas entre a escolha de um aparelho fixo convencional ou um aparelho ortodôntico autoligado, é fundamental conhecer os benefícios que este segundo tipo tem.

Aqui é importante ressaltar que os dois tipos vão te levar até o objetivo final. Mas o percurso pode ser bem menos espinhoso com o aparelho ortodôntico autoligado, afinal, ele é mais moderno. Listamos neste post cinco benefícios que ele tem em relação a um modelo fixo convencional. Vamos lá!

1) Permite maior movimentação

A ortodontia avançada criou uma tecnologia que permite que o modelo autoligado tenha maior poder de fazer a movimentação necessária para a correção dos problemas dentários. Explicando melhor: ao contrário do que acontece nos aparelhos convencionais, os braquetes autoligados têm um atrito reduzido, possibilitando o uso de forças mais suaves para a movimentação desejada. Isso significa maior conforto ao paciente que está submetido ao tratamento.

2) Ele é bem mais estético

Mais uma característica relacionada à tecnologia. Como o aparelho autoligado não precisa das famosas borrachinhas, ele tem um designe bem mais limpo e discreto. Quer dizer que ele não vai chamar tanta atenção no dia a dia. É um tratamento aliado da estética e da saúde!

3) Proporciona mais higiene

Quem já usou um aparelho fixo convencional sabe bem a dificuldade de fazer a mais completa higienização. O aparelho ortodôntico autoligado, justamente pela ausência das borrachinhas, é mais simples e torna a higienização bem mais rápida e simples, evitando assim o aparecimento de cáries ou placas nos dentes.

4) O tratamento é mais rápido

O modelo autoligado proporciona o tratamento mais rápido do que com o convencional. Este benefício também está ligado à possibilidade de se usar forças diferentes das que o aparelho convencional proporciona. Existem pesquisas que indicam que o tempo de uso do aparelho pode cair até 80% quando se usa o aparelho ortodôntico autoligado em vez do aparelho fixo convencional.

Cabe aqui dizer que um resultado mais rápido depende necessariamente de um grau elevado de comprometimento do paciente. Se as visitas de manutenção não forem feitas corretamente, se a higienização perfeita não for um hábito, este tratamento, consequentemente, também sofrerá com atrasos.

5) Menos visitas ao dentista

Quando se usa um aparelho convencional, deve-se fazer uma visita mensal ao ortodontista para que ele possa fazer a manutenção adequada no aparelho. Já quando o paciente usa o parelho autoligado, as visitas podem ser feitas a cada 60 dias. Este maior espaçamento é possível porque a ligação do braquete com o fio ortodôntico fica ativa por mais tempo. Em outras palavras, o aparelho fica “apertado” por mais tempo que o aparelho convencional, resultado da diminuição do atrito.

Saiba muito mais

Em Sorocaba, o consultório da doutora Luciana Pupo é reconhecido por sua excelência no atendimento e nos tratamentos oferecidos. Se você tem dúvidas ou deseja um diagnóstico de como estão os seus dentes, faça uma visita!

6 diferentes tipos de aparelho ortodôntico e suas funções

Conheça mais sobre os tipos de aparelho ortodôntico mais comuns!

Já que há diferentes problemas que podem acontecer na boca de uma pessoa, é lógico que existem diferentes tipos de aparelho ortodôntico. Cada um deles tem o seu próprio objetivo, enquanto alguns buscam soluções estéticas, outros buscam soluções de problemas funcionais.

O blog do consultório da doutora Luciana Pupo mostra neste post os seis tipos de aparelhos ortodônticos mais comuns. Confira!

1) Aparelho fixo

Este tipo de aparelho é, em geral, utilizado para alinhar os dentes do paciente com objetivos meramente estéticos ou ainda por motivos funcionais. Este tratamento tem como finalidade harmonizar o sorriso e a oclusão. Funciona assim: uma série de pequenos braquetes, que podem ser feitos de diferentes materiais (metal, plástico ou porcelana) “moldam” a posição desejada, fazendo com que os dentes assumam um novo posicionamento. Existem vários tipos de aparelho fixo e todos têm a função dentro da ortodontia de correção dentária.

2) Aparelho fixo estético

O aparelho ortodôntico fixo estético é uma versão mais discreta do modelo metálico. Por isso, seu funcionamento é exatamente idêntico, a diferença é no material usado para a fabricação dos braquetes, feitos de policarbonato, porcelana ou safira. Por causa do material usado, é possível fazer com que os braquetes tenham diversas cores (inclusive transparente ou da cor do dente), deixando aquele sorriso metálico para o passado.

3) Aparelho móvel

O aparelho móvel tem como função fazer pequenas movimentações dos dentes. Além disso, tem o objetivo de reorganizar as funções da boca, como a deglutição, a mastigação, a respiração e a fala. O aparelho móvel influencia diretamente no desenvolvimento ósseo da arcada e por isso é o aparelho ideal para dentes pequenos. Os tratamentos, quando têm crianças como pacientes, em geral usam este tipo de aparelho.

4) Aparelho expansor palatino

O expansor de palatino tem a função de promover um ganho transversal na largura do palato, o céu da boca. Ele é indicado para jovens que precisam corrigir mordidas cruzadas (quando a região posterior do arco superior é muito estreita em relação ao arco inferior). Com ele também é possível liberar espaço para a dentição anterior muito apertada.

5) Aparelho lingual

A forma de funcionamento é a mesma dos aparelhos tradicionais, o que muda é o design do aparelho e o local da aplicação. Em vez de colocá-lo na parte da frente dos dentes, o ortodontista irá o instalar na face interna. O aparelho lingual é recomendado tanto para adultos quanto para adolescentes, desde eles já tenham todos os dentes permanentes.

6) Aparelho alinhador

Este é um dos tipos de aparelho ortodôntico que têm como função o alinhamento dos dentes. Porém, tem a vantagem de ser bem discreto. Tanto que há quem o conheça como “aparelho invisível”. Os alinhadores transparentes são fabricados com acetato transparente e tem a aparência muito próxima das placas de clareamento dentário, no entanto são mais rígidos.

__

Há ainda outros tipos de aparelhos, como o aparelho ortodôntico autoligado, mas este é um assunto que abordaremos em um outro post. Tem dúvidas? Converse com a gente ou ainda marque uma consulta!

5 dicas de como cuidar do seu aparelho ortodôntico

Cuidar bem do seu aparelho ortodôntico ajuda a atingir melhor resultado no se tratamento. Confira nossas dicas de especialista!

Quem usa um aparelho ortodôntico sabe que é preciso ter comprometimento com o tratamento. Afinal, caso contrário, o resultado pode demorar mais do que o esperado ou até mesmo não ser atingido. É necessário compreender que um objetivo está sendo buscado e só com os cuidados necessários ele será alcançado plenamente.

Para ajudar você que está passando por esse tratamento a ter o melhor resultado, o blog da Luciana Pupo separou cinco dicas de como cuidar do seu aparelho ortodôntico. Vamos lá?

1) Escolha a escova de dente correta

Qual escova de dente usar? Quais as melhores opções para cada tipo de aparelho? Quem usa o aparelho já sabe que a escovação deve ser feita com paciência para que a limpeza, tanto dos dentes quanto dos braquetes, seja perfeita. Existem escovas ortodônticas que têm cerdas maiores e um corte interno em “V”, que auxilia na hora da limpeza. Se você usa aparelho, converse bem com o seu ortodontista para avaliar as melhores opções.

2) Atenção para a maneira mais adequada de escovação

“Qual o jeito certo de escovar os dentes?” Essa é uma das perguntas mais ouvidas entre os pacientes de um consultório de ortodontia de excelência, como o da doutora Luciana Pupo. É necessário remover todos os resíduos de alimentos que ficam entre os dentes e no aparelho. Posicionando a escova adequada corretamente, é possível a limpeza completa tanto na parte superior quanto na inferior da arcada dentária.

Dê atenção especial à parte do dente que fica entre a gengiva e o aparelho, pois resíduos podem se acumular neste espaço.

3) Uso o fio dental frequentemente e da melhor forma

Outra questão importante é o embate fio dental x aparelho dental. Para começar, busque um fio dental com cera, já que este tipo produto evita que o fio se desfaça e enrosque no aparelho. Passe o fio dental por trás do fio ortodôntico, com cuidado para não entortá-lo. Empurre o fio dental entre os dentes, com naturalidade, inserindo linha entre os dentes, até a gengiva. Depois, deslize o fio para cima e para baixo. A limpeza deve ser bastante minuciosa.

4) Cuidado com certos alimentos

Não há proibições alimentarias para quem usa aparelho. No entanto, os aparelhos ortodônticos exigem cuidados no momento da alimentação. Alimentos duros (aqueles mais crocantes), podem descolar o braquete do aparelho e por isso devem ser mastigados com cuidado. Alimentos pegajosos dificultam a limpeza do aparelho e também inspiram cuidados.

5) Faça a manutenção periódica do aparelho ortodôntico

Em geral é preciso uma consulta de manutenção do aparelho ortodôntico a cada mês, mas este período varia de acordo com o tipo de aparelho usado. No entanto, um fato é comum para todos os tipos de aparelho: eles necessitam sim de manutenção! Sendo assim, não caia na preguiça no dia da consulta e lembre-se que você está em busca de um objetivo que é extrair o melhor resultado do tratamento. Por isso, não caia na armadilha de desmarcar a consulta por causa de um evento de última hora. Ao contrário, dê prioridade a ela!

Tem dúvidas? Entre em contato conosco, marque uma consulta e não adie o início do seu tratamento.

6 mitos e verdades sobre o aparelho ortodôntico

Vamos desmitificar o uso do aparelho ortodôntico.

Você já assistiu a um desenho animado ou leu uma revista em quadrinhos na qual um personagem, ao receber uma determinada notícia, imagina uma série de situações inusitadas que irá viver por causa desta nova realidade? Normalmente entre os cartoons isso pode ser bastante divertido. Já na vida real, o que acontece é uma preocupação enorme. Digamos que essa determinada notícia seja o uso de um aparelho ortodôntico. Por desconhecimento, muitos pacientes acham que a vida irá mudar radicalmente. E não é não é bem assim.

Se você precisa de um aparelho dental, relaxe!  O primeiro passo é saber mais sobre ele. Preparamos 6 mitos e verdades sobre a ortodontia para que você fique mais tranquilo em relação ao uso de um aparelho ortodôntico!

1) Aparelhos ortodônticos são todos iguais

É mito! Existem vários tipos de problemas que requerem o uso de um aparelho ortodôntico. Por isso, o aparelho será diferente se ele tem como objetivo um problema diferente. Um bom ortodontista irá fazer um diagnóstico preciso sobre a situação e apontar a melhor solução.

2) O aparelho fixo não pode ser colocado em qualquer idade

Essa é uma verdade! Existe sim uma idade ideal para usar aparelho, que é por volta dos 12 e 13 anos. No entanto, essa verdade é apenas para os aparelhos fixos ortopédicos, outros tipos de aparelhos podem ser usados com muita eficácia em outras fases da vida, dependendo do problema que se busca corrigir.

3) Alguns alimentos são proibidos quando se usa o aparelho

Esse é mais um mito pois, na verdade, não há alimentos terminantemente proibidos. O que ocorre é que os aparelhos ortodônticos exigem cuidados no momento da alimentação. Alimentos duros (aqueles mais crocantes), podem descolar o braquete do aparelho e por isso devem ser mastigados com cuidado. Alimentos pegajosos dificultam a limpeza do aparelho e também inspiram cuidados.

4) Os dentes podem voltar ao estado inicial

Infelizmente, essa é uma verdade. Após o tratamento os dentes podem voltar ao estágio inicial se alguns cuidados não forem tomados. O nosso corpo está em constante mudança e os dentes têm conformações biológicas e espaciais que tendem a seguir. Por isso, após o uso do aparelho, há uma nova fase no tratamento, o uso da contenção, que deve eliminar este risco. Além disso é necessário evitar roer as unhas, cuidar muito bem da higienização e ainda tratamento contra bruxismo (se for o caso).

5) Aparelho estético autoligado é menos eficiente

Mito! Um aparelho estético autoligado tem como característica uma baixa fricção entre os arcos ortodônticos e braquetes. A diminuição da resistência à movimentação facilita o início do movimento dentário. Isso abre a possibilidade de tratamentos mais rápidos e menos dolorosos para o paciente, sem nenhuma perda de eficácia.

6) O aparelho requer cuidados especiais com a escovação e com o uso do fio dental

Verdade! O aparelho, por mais moderno que seja, tem a tendência de acumular resíduos de alimentos, o que pode propiciar o aparecimento de placa. Por isso, a higienização adequada é necessária e o ortodontista irá ensinar a maneira correta de agir.

 

Existem muitos outros mitos e verdades sobre o uso dos aparelhos ortodônticos. Navegue mais pelo nosso blog e entre em contato conosco para marcar uma consulta ou ainda esclarecer novas dúvidas!

Contato

Comece e termine seu dia com um sorriso!

Horário de Atendimento Telefônico

Seg a Sexta: 9h as 12h e das 13:30h as 17h
15 3011-1925 / 15 3233-8164

Av. Washington Luís, 1222 sala 08 - Sorocaba - SP

contato@lucianapupo.com.br